VIVER SEGUNDO A VERDADE, NO AMOR

Ouça e Compartilhe!

O início de 2023 ficou marcado pelas despedidas e fatos históricos que nos surpreenderam. A Igreja deu adeus ao Papa Emérito, Bento XVI, ao longo dos três dias de funeral foi intensa à repercussão de sua contribuição. No esporte, as homenagens e despedidas foram para aquele que ficou eternizado como o rei do futebol, o brasileiro mais importante, no esporte mais reconhecido pelo mundo, Edson Arantes do Nascimento, o Pelé.

Os livros de história vão narrar os fatos que ocorreram no domingo, 08 de janeiro de 2023, em Brasília, quando a capital federal foi tomada por manifestantes, que destruíram o patrimônio do povo brasileiro, vandalizando as três sedes dos poderes constituídos, o Palácio do Planalto, o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal.

Vivemos ainda os primeiros dias desse novo ano, com inúmeros fatos já ocorridos, mas sempre renovamos as nossas expectativas com o início de um ciclo, organizamos planos e sonhos, com a esperança de dias melhores. Podemos e devemos continuar acreditando que o amanhã será ainda melhor, principalmente se nossas ações forem pautas na verdade e no amor.

No próximo dia 24 de janeiro, será celebrado o dia de São Francisco de Sales, padroeiro dos Jornalistas, oportunidade em que será divulgado o texto da mensagem do Papa Francisco para o Dia Mundial das Comunicações Sociais 2023.

O tema da mensagem já é conhecido, foi divulgado no dia 29 de setembro: “Falar com o coração: Veritatem facientes in caritate (Ef 4,15)”. É possível compreender o versículo bíblico citado, pela tradução da Bíblia em português da CNBB, é “vivendo segundo a verdade, no amor”.

Da mesma maneira como a missão dos profissionais de comunicação, que as nossas ações diárias, sejam movidas pela esperança, pela verdade e o amor. Que ao planejar o dia e a semana, tenhamos em mente que as nossas atividades sejam pelo bem e para o bem.  Como está descrito no legado de Bento XVI e Pelé, que dedicaram suas vidas, seja pelo esporte e a fé, que tenhamos a oportunidade de construir os dias desse ano novo, com o mesmo afinco e dedicação que tiveram.

O Papa Emérito Bento XVI disse, “A aspiração pela alegria está impressa no íntimo do ser humano. Além das satisfações imediatas e passageiras, o nosso coração procura a alegria profunda, total e duradoura, que possa dar «sabor» à existência”.

Que afastemos de nosso coração todo o sentimento que nos desune, que tenhamos pontos de convergência, pensando sempre no bem estar social e na dignidade de cada pessoa. Que a solidariedade seja o combustível e que tenhamos a oportunidade de sorrir mais, que possamos viver um ano novo segundo a verdade, no amor.

Vitor Inácio Fernandes da Silva

Assessor de Comunicação da Diocese de Jales e

Jornalista das Rádios Assunção FM e Regional FM

Últimos Posts