Diocese de Jales

Notícias da Diocese › 09/11/2019

Simpósio Ecologia integral se realiza na Programação do Ano Jubilar da Diocese de Jales

A Pastoral Universitária e a UNIVIDA (Associação Humanitária Universitários em defesa da Vida), junto com a Diocese de Jales, promove o Simpósio Ecologia integral – meio ambiente e os povos indígenas, que terá como lema: “Em sua mão está a vida de cada criatura e o fôlego de toda a humanidade. ” (Jó 12,10), no dia 14 de dezembro, no Santuário Diocesano da Santíssima Trindade – Escola Vocacional.

O evento vem de encontro com o Ano Jubilar da Diocese de Jales, que se iniciou na 35ª Romaria Diocesana. Celebramos no próximo dia 12 de dezembro, 60 anos da criação da Diocese de Jales, pelo Papa João XXIII, no dia de Nossa Senhora de Guadalupe, padroeira da América Latina, a qual apareceu ao Índio Juan Diego, em Guadalupe no México.

O simpósio contará com palestras, mesa redonda e apresentação cultural, com danças indígenas.

Para fazer a inscrição basta entrar no link: cadastroonline.com.br/simposiounivida2019, podendo ser efetuadas até dia 10 de dezembro. A taxa do evento é de R$10,00.

Também será oferecido almoço no local, no valor de R$10,00.

O Simpósio é oferecido para o clero, comunidades paroquiais, lideranças, pastorais, professores e universitários, representantes das instituições de ensino superior da região diocesana, representantes da sociedade civil de Jales e região.

 

Referência: “Através da promoção da cultura da vida os discípulos missionários de Jesus Cristo testemunham verdadeiramente sua fé naquele que veio dar a vida em resgate de todos, comprometendo‐se de modo especial com os pobres e, em vista da construção de uma sociedade justa e fraterna. Contemplando os diversos rostos de sofredores, especialmente os resíduos e “sobras” o discípulo missionário enxerga, em cada um, o rosto de seu Senhor: chagado, destroçado, flagelado (Is 52,13ss). Seu amor por Jesus Cristo e Cristo Crucificado (1Cor 1,23‐25) leva‐o a buscar o Mestre em meio às situações de morte (Mt 25,31‐46). Leva‐o a não aceitá‐las, sejam elas quais forem envolvendo‐se na preservação da vida. O discípulo missionário não se cala diante da vida sem alimentação, casa, terra, trabalho, educação, saúde, lazer, liberdade, esperança e fé.

Simpósio Ecologia integral – meio ambiente e os povos indígenas acontecerá no dia 14 de dezembro de 2019, às 8h30.

Local: Santuário Diocesano da Santíssima Trindade – Escola Vocacional – R. Roma, 3371 – Jardim Paulo VI, Jales.

Inscrições: serão efetuadas on-line, pelo link cadastroonline.com.br/simposiounivida2019 e já se encontram abertas, podendo ser efetuadas até dia 10/12.

Taxa de inscrição: R$ 10,00

Público alvo: clero, comunidades paroquiais, lideranças, pastorais, professores e universitários, representantes das instituições de ensino superior da região diocesana, representantes da sociedade civil de Jales e região.

CRONOGRAMA:

8h30 –  Acolhimento dos participantes e apresentação do Mural “EU FAÇO A DIFERENÇA” das Atitudes Sustentáveis do dia a dia.

9h – Abertura do simpósio – Oração

9h30 – Café

10hPalestra: Ecologia integral e meio ambiente

                Profª Idárci Esteves Lasmar

  • Mestre em Didática da Geografia pelo Instituto Superior Pedagógico Enrique José Varona.
  • Bacharel Licenciada em Geografia e Bacharel em Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais.
  • Experiência no exercício de cargos de Assessoramento e Direção no Governo do Estado de Minas Gerais (Assessora da Diretoria de Proteção da Biodiversidade, no Instituto Estadual de Floresta).

11h30 – Apresentação Dança indígena, grupo de indígenas da Reserva Indígena de Dourados/MS. A simbologia dos elementos da terra, da fauna e da flora levará à plateia toda a riqueza da cultura indígena sul-mato-grossense.

12h – 13h30 – ALMOÇO – será oferecido no local, a R$ 10,00, a quem interessar

13h30Palestra: Meio ambiente cultural e o reconhecimento das terras indígenas na Amazônia.

                Profª Dra. Aparecida Luzia Alzira Zuin

  • Docente da Universidade Federal de Rondônia (UNIR). Coordenadora pedagógica do Programa Profissional Interdisciplinar em Direitos Humanos e Desenvolvimento da Justiça (Programa da UNIR em parceria com o Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia (TJRO) e Escola da Magistratura do Estado de Rondônia (EMERON); Vice-Coordenadora do Programa de Pós-graduação Mestrado Acadêmico em Educação (PPGE/MEDUC/UNIR); Docente do curso de direito (UNIR). Possui:
  • Pós-Doutorado em Direito- UERJ-RJ; Pós-doutorado em Estudos Culturais – UFRJ-RJ; Pós-Doutorado na linha de Cultura e Desenvolvimento, pela UFRJ-RJ; Estágio de Pós-Doutorado na Universidade de Salento – Lecce- Itália, em Filosofia do Direito; Doutora e Mestra em Comunicação e Semiótica – PUC-SP.
  • Líder do Centro de Estudos e Pesquisas Jurídicas da Amazônia – CEJAM/UNIR. Líder do Grupo de Estudos Semióticos em Jornalismo – GESJOR/UNIR. Associada ao Centro di Studio sul Rischio, Università del Salento, Lecce, Itália. Coordena no Brasil a Red de Investigación Estudios Organizacionales en América Latina, el Caribe e Iberoamérica (REOALCeI).
  • Pesquisadora atuando, principalmente, nas seguintes áreas: Direito da Cidade (Políticas Públicas Urbanas; Cidades Educadoras e Sustentáveis; comunicação socioambiental (alimento como direito humano; sociedade do risco; produção, consumo e mercado); Comunicação e Semiótica (Cultura Contemporânea; Semiótica Jurídica; Mídia, Redes Sociais e Tecnologias emergentes (esfera pública e esfera privada na Internet); Educação, Direito e Política (Gestão, Estado e Ações Afirmativas para negros, indígenas e população de baixa renda na Amazônia Ocidental).

15h – Café

15h30 – Depoimento de voluntários Missões UNIVIDA

15h45 – Mesa Redonda – promover o debate e levantar questionamentos acerca do meio ambiente na região de Jales.

17h – Encerramento com a participação de indígenas – Momento Cultural

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.