Diocese de Jales

Liturgia Diária / Evangelho:

|

Santo do dia:

Igreja no Mundo › 24/04/2017

Madagascar: sacerdote assassinado e diácono ferido gravemente

O Padre Njiva Lucien, sacerdote capuchinho de 46 anos, foi morto nas primeiras horas desta segunda feira, na localidade de Ambendrana, Madagascar. O jovem diácono Jeremy, de 26 anos, foi ferido no peito e seu estado é grave. A informação é do blog “Sismografo”, citando fontes locais.

Os agressores entraram no centro capuchinho – localizado há cerca de dois km do centro da cidade – com a clara intenção de roubar. Há alguns dias, já havia sido registrada uma primeira tentativa de furto.

Os ataques contra instituições religiosas na Ilha de Madagascar tem aumentado nos últimos meses. Em 8 de abril passado, 26 pessoas foram detidas pela  polícia de Antsirabe, acusadas de envolvimento no violento assalto contra o Convento das “Sœurs de Notre Dame de la Salette”, de Antsahatanteraka, na noite de 1° de abril.

Por volta de meia-noite sete bandidos forçaram as portas do local, atacando as religiosas em suas celas. Uma voluntária alemã, uma religiosa malgaxe e três hóspedes sofreram violências sexuais. Um funcionário da comunidade foi agredido ao tentar defender as mulheres. Depois de roubar celulares, uma pequena quantia de dinheiro e outros bens, os agressores fugiram.

A Conferência Episcopal de Madagascar condenou com veemência os crime, pedindo ao Estado para adotar medidas rigorosas diante da assustadora sequência de atos de banditismo em toda a Ilha.

Fonte: Rádio Vaticano

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.