Diocese de Jales

Notícias da Diocese › 30/07/2019

Jovens arrecadam mais de meia tonelada de mantimentos em prol ao Lar dos Velhinhos de Jales

“Sede, pois, misericordiosos, como também vosso Pai é misericordioso” (Lucas 6:36). Seguindo o pensamento de “igreja em saída”, como pede o Papa Francisco, o grupo de jovens Ajudantes de Cristo (ADC), da paróquia Santo Antônio de Jales/SP, passaram a tarde do último domingo, dia 28, junto aos idosos do Lar dos Velhinhos São Vicente de Paulo.

Os jovens não só estiveram lá para levar um pouco da alegria de Cristo, como também foram entregar os alimentos arrecadados no “Arrastão Solidário” promovido por eles durante a semana. Segundo a direção do grupo, foram coletados cerca de 512 quilos de alimentos e produtos de higiene pessoal, ou seja, mais de meia tonelada.

Músicas, rodas de conversas e brincadeiras fizeram parte visita. Alguns idosos até arriscaram cantar com os Ajudantes de Cristo músicas como “Galopeira” e a clássica “Menino da Porteira”.

Para Gabriela Tresso, integrante do grupo ADC, fazer parte de mais uma ação solidária é algo maravilhoso, e acredita que os jovens começaram com o pé direito nas ações deste ano. “Contamos com o apoio de muita gente, conseguimos arrecadar mais de meia tonelada entre alimentos e produtos de higiene, a todos a meu eterno agradecimento, não teríamos consigo sem ajuda de cada um. Gratidão é a palavra que define o combo de emoções que vivi. A partir do momento em que entrei pelo portão já me tornei parte de suas famílias, fui convidada a ficar e jurar que voltaria. Alguns me confiaram suas histórias de infância e os momentos mais felizes de suas vidas. Sou grata por ter vivenciado mais uma experiência como essa e aprender o valor que coisas simples podem transformar seus dias”.

Já para Leonardo Rabeti, também um Ajudante de Cristo, participar deste ato concreto é algo que renova a alma e acalma o coração. “Jesus nos ensina a praticar a caridade, o amor e a compaixão, olharmos com misericórdia àqueles que estão ao nosso redor. Ao exercitarmos a gentileza e a solidariedade, quer em pequenas ações no dia a dia, estamos contribuindo para a edificação de uma sociedade mais humana, com valores morais intrínsecos e princípios éticos”, completou.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.