Diocese de Jales

Liturgia Diária / Evangelho:

|

Santo do dia:

Catedral Diocesana

Catedral Nossa Senhora da Assunção – Diocese de Jales

BREVE HISTÓRICO

A Paróquia de Jales foi criada em 27 de dezembro de 1952 por decreto de Dom Lafayette Libânio, Reverendíssimo Bispo Diocesano de Rio Preto, Diocese à qual pertencia toda está região, tendo como padroeiro Santo Expedito.

Com a instalação da Diocese de Jales em 15 de agosto de 1960, a padroeira da Diocese, Nossa Senhora da Assunção, passou a ser também a padroeira da Paróquia, ficando Santo Expedito como padroeiro da cidade.

Em 26 de março de 1978 foram criadas as Paróquias Santo Antônio e São José Operário e Jales passou então a ter três paróquias: Nossa Senhora da Assunção (Catedral), Santo Antônio e São José Operário.

A Catedral de Jales (prédio)

Desde a criação e instalação da Diocese de Jales era projeto da Igreja Diocesana construir aqui uma Catedral moderna e de bom tamanho. O primeiro bispo da Diocese, Dom Artur Horthuis, projetou um prédio moderníssimo e grande que seria construído no mesmo local onde hoje está a atual Catedral. Dom Artur não conseguiu construí-la durante o tempo em que aqui permaneceu como Bispo da Diocese em razão do seu alto custo e por dificuldade do serviço de engenharia.

O segundo Bispo da Diocese, Dom Luiz Eugênio Perez, que aqui tomou posse em 02 de julho de 1970, assumiu como uma das suas primeiras tarefas a construção de uma Catedral.

Dom Luiz optou por um prédio menor, mais barato e mais prático, porém, funcional e bem moderno. Com isto construiu rapidamente a atual Catedral e inaugurou-a oficialmente em 13 de abril de 1975.

A única mudança feita no prédio foi a construção de Escritório Paroquial e da Livraria Pastoral – nos fundos, fazendo frente para a Avenida João Amadeu, enquanto a Catedral tem a sua frente voltada para a Rua Doze. A ampliação de dois espaços na sua nave não alterou o seu projeto arquitetônico que ainda continua o mesmo.