Liturgia Diária – 2018-03-07 20:52:33

0

3ª SEMANA DA QUARESMA

(roxo – ofício do dia)

Jesus veio ao mundo para levar a lei do Antigo Testamento à plenitude. Os ensinamentos de Deus demonstram sua preocupação e seu amor para com cada um de nós. Deixemo-nos guiar por eles.

Primeira Leitura: Deuteronômio 4,1.5-9

Leitura do livro do Deuteronômio – Moisés falou ao povo, dizendo: 1“Agora, Israel, ouve as leis e os decretos que eu vos ensino a cumprir, para que, fazendo-o, vivais e entreis na posse da terra prometida que o Senhor Deus de vossos pais vos vai dar. 5Eis que vos ensinei leis e decretos conforme o Senhor meu Deus me ordenou, para que os pratiqueis na terra em que ides entrar e da qual tomareis posse. 6Vós os guardareis, pois, e os poreis em prática, porque neles está vossa sabedoria e inteligência perante os povos, para que, ouvindo todas estas leis, digam: ‘Na verdade, é sábia e inteligente esta grande nação!’ 7Pois qual é a grande nação cujos deuses lhe são tão próximos como o Senhor nosso Deus, sempre que o invocamos? 8E que nação haverá tão grande que tenha leis e decretos tão justos, como esta lei que hoje vos ponho diante dos olhos? 9Mas toma cuidado! Procura com grande zelo não te esqueceres de tudo o que viste com os próprios olhos e nada deixes escapar do teu coração por todos os dias de tua vida; antes, ensina-o a teus filhos e netos”. – Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial: 147(147B)

Glorifica o Senhor, Jerusalém!

  1. Glorifica o Senhor, Jerusalém! / Ó Sião, canta louvores ao teu Deus! / Pois reforçou com segurança as tuas portas / e os teus filhos em teu seio abençoou. – R.
  2. Ele envia suas ordens para a terra, / e a palavra que ele diz corre veloz. / Ele faz cair a neve como lã / e espalha a geada como cinza. – R.
  3. Anuncia a Jacó sua palavra, / seus preceitos e suas leis a Israel. / Nenhum povo recebeu tanto carinho, / a nenhum outro revelou os seus preceitos. – R.

Evangelho: Mateus 5,17-19

Proclamação do evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus – Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 17“Não penseis que vim abolir a lei e os profetas. Não vim para abolir, mas para dar-lhes pleno cumprimento. 18Em verdade eu vos digo, antes que o céu e a terra deixem de existir, nem uma só letra ou vírgula serão tiradas da lei, sem que tudo se cumpra. 19Portanto, quem desobedecer a um só desses mandamentos, por menor que seja, e ensinar os outros a fazerem o mesmo será considerado o menor no reino dos céus. Porém quem os praticar e ensinar será considerado grande no reino dos céus”. – Palavra da salvação.

Reflexão:

Jesus falava como quem tem autoridade e não como os escribas e fariseus. Dizia: “Vocês ouviram o que foi dito aos antepassados… Eu, porém, lhes digo”. Isso deixava os adversários dele intrigados. Estaria Jesus propondo alguma nova Lei, contrária à Lei de Moisés? Não. Jesus vem para respeitar e levar a pleno cumprimento a Lei e os Profetas, isto é, as Escrituras Sagradas. Não a lei deformada e decadente que predominava na época de Jesus e que ele procurava corrigir, mas a verdadeira Lei, a Lei que os Profetas sempre lembraram e ensinaram. Então os discípulos de Jesus podiam ficar tranquilos: ele não veio para eliminar as Escrituras; veio para cumprir e ensinar a vontade do Pai, da qual ele é o intérprete fiel e definitivo.

(Dia a dia com o Evangelho 2018 – Pe. Luiz Miguel Duarte, ssp)

You might also like More from author

Leave A Reply

Your email address will not be published.