Liturgia Diária – 2017-10-10 20:52:36

0

27ª SEMANA COMUM

(verde – ofício do dia)

Jesus quer ser acolhido em nossa vida e por toda a sociedade. Abramos o coração e o deixemos entrar para dar o melhor rumo às nossas práticas e às nossas escolhas.

Primeira Leitura: Jonas 3,1-10

Leitura da profecia de Jonas – 1A palavra do Senhor foi dirigida a Jonas pela segunda vez: 2“Levanta-te e põe-te a caminho da grande cidade de Nínive e anuncia-lhe a mensagem que eu te vou confiar”. 3Jonas pôs-se a caminho de Nínive, conforme a ordem do Senhor. Ora, Nínive era uma cidade muito grande; eram necessários três dias para ser atravessada. 4Jonas entrou na cidade, percorrendo o caminho de um dia; pregava ao povo, dizendo: “Ainda quarenta dias, e Nínive será destruída”. 5Os ninivitas acreditaram em Deus; aceitaram fazer jejum e vestiram sacos, desde o superior ao inferior. 6A pregação chegara aos ouvidos do rei de Nínive; ele levantou-se do trono e pôs de lado o manto real, vestiu-se de saco e sentou-se em cima de cinza. 7Em seguida, fez proclamar em Nínive, como decreto do rei e dos príncipes: “Homens e animais bovinos e ovinos não provarão nada! Não comerão e não beberão água. 8Homens e animais se cobrirão de sacos, e os homens rezarão a Deus com força; cada um deve afastar-se do mau caminho e de suas práticas perversas. 9Deus talvez volte atrás, para perdoar-nos e aplacar sua ira, e assim não venhamos a perecer”. 10Vendo Deus as suas obras de conversão e que os ninivitas se afastavam do mau caminho, compadeceu-se e suspendeu o mal que tinha ameaçado fazer-lhes, e não o fez. – Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial: 129(130)

Se levardes em conta nossas faltas, / quem haverá de subsistir?

  1. Das profundezas eu clamo a vós, Senhor, / escutai a minha voz! / Vossos ouvidos estejam bem atentos / ao clamor da minha prece! – R.
  2. Se levardes em conta nossas faltas, / quem haverá de subsistir? / Mas em vós se encontra o perdão, / eu vos temo e em vós espero. – R.
  3. Espere Israel pelo Senhor / mais que o vigia pela aurora! / Pois no Senhor se encontra toda graça / e copiosa redenção. / Ele vem libertar a Israel / de toda a sua culpa. – R.

Evangelho: Lucas 10,38-42

Proclamação do evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas – Naquele tempo, 38Jesus entrou num povoado e certa mulher, de nome Marta, recebeu-o em sua casa. 39Sua irmã, chamada Maria, sentou-se aos pés do Senhor e escutava a sua palavra. 40Marta, porém, estava ocupada com muitos afazeres. Ela aproximou-se e disse: “Senhor, não te importas que minha irmã me deixe sozinha com todo o serviço? Manda que ela me venha ajudar!” 41O Senhor, porém, lhe respondeu: “Marta, Marta! Tu te preocupas e andas agitada por muitas coisas. 42Porém uma só coisa é necessária. Maria escolheu a melhor parte e esta não lhe será tirada”. – Palavra da salvação.

Reflexão:

Marta recebe Jesus em casa. Agita-se com muito serviço: representa os fiéis observantes da Lei. Sua atitude está centrada no fazer. Maria, sua irmã, senta-se aos pés de Jesus e ouve-lhe a palavra: concentra-se inteiramente no escutar a novidade do Mestre. Marta censura Jesus por não envolver Maria no trabalho; quer tirar a irmã do diálogo com ele. É o instinto de posse dos que observam a Lei: pensam que mandam em tudo. Jesus responde à zanga de Marta com severa advertência e coloca os valores nos devidos lugares. Marta se envolve com muitos afazeres. Para Jesus tudo é secundário, menos escutar sua mensagem. Marta escolhe o que lhe dá mais segurança (casa, observâncias legais), enquanto Maria escolhe a pessoa de Jesus (cf. Js 13,14). Única fonte de ação frutuosa.

(Dia a dia com o Evangelho 2017 – Pe. Luiz Miguel Duarte, ssp)

You might also like More from author

Leave A Reply

Your email address will not be published.