EVANGELIZAÇÃO LIBERTADORA E HUMANIZADORA

0

Dom Reginaldo Andrietta, Bispo Diocesano de Jales

A Diocese de Jales celebrou a solenidade de sua padroeira, Nossa Senhora da Assunção, no último dia 20 de agosto, com sua 33ª. Romaria, associando-a ao seu Ano Vocacional e ao Ano Nacional Mariano. Cerca de 18 mil romeiros e romeiras dos 45 municípios abrangidos pela Diocese, concentraram-se em uma área periférica de Jales, desde onde caminharam em procissão para a Catedral, onde foi celebrada a missa campal sob um forte aguaceiro. Ainda assim, a multidão não arredou pé, sinalizando a firmeza de sua fé.

No final da celebração, estando também ensopado, perguntei: “alguém se derreteu com a chuva?” O alegre “não” foi uníssono. “Vamos, então, deixar nossa fé se derreter após essa Romaria?”. Novamente, a multidão gritou “não”, com entusiasmo. Expressamos, juntos, então, nossos “Compromissos de Ação” frente a tantas dores de nosso povo, apresentadas a Deus na forma de clamores, durante a caminhada e a missa. Inspirados no lema dessa Romaria, “Com Maria nos libertamos de novas escravidões”, assim nos comprometemos em forma orante:

“Cristo, Filho de Deus que se encarnou no mundo para a nossa salvação e confiou a nós, seus discípulos e discípulas, missionários e missionárias, a obra de evangelização; guiados nesta Romaria, por Nossa Senhora da Assunção, te apresentamos agora, os nossos compromissos de ação, dando continuidade à tua missão em favor de nossa libertação.

Vivemos, hoje, novas formas de escravidão. A ti apresentamos nossos clamores, conscientes de nossa missão. Por isso, nos comprometemos a assumir nossa responsabilidade de ação, avançando sempre mais em nossa organização, sendo solidários em todas as necessidades de cada irmã e cada irmão, exigindo, também, que nossos governantes deem atenção a cada reivindicação do povo de nossa região e que administrem com honestidade o nosso Estado e a nossa Nação.

Cristo, Filho de Deus, nosso salvador e libertador, nosso caminho e guia, seguimos os teus passos, durante esta Romaria. Nós te agradecemos pela companhia de Maria e nos comprometemos a agir juntos, com amor e harmonia, para nos libertarmos de tudo o que nos angustia. Lutaremos por condições dignas de trabalho e pela justa aposentadoria, exigindo nossos direitos de participação e cidadania. Agiremos de modo organizado para acabar com a carestia, exigindo uma grande mudança nos rumos da nossa economia, transformando nossas cidades e campos com os princípios da ecologia, defendendo com coragem a nossa democracia.

Cristo, nosso libertador, Filho de Deus e de Maria, encerrando esta Romaria, iluminados por tua Palavra e alimentados por tua presença nesta Santa Eucaristia, nós te agradecemos por esta bela liturgia e pela chuva que caía. Obrigado, Senhor, por todos os que animaram a nossa cantoria e pelos que orientaram nossas reflexões com muita sabedoria. Regressaremos para nossas casas com muita alegria, levando no coração o teu Evangelho e o amor de Maria. Obrigado Jesus por esta Santa Romaria.”

A temática libertadora que motivou essa Romaria, em lugar de espantar o povo, favoreceu uma participação ainda mais numerosa de romeiros e romeiras, sobretudo de camadas pobres. Estes entendem mais facilmente a importância de nossa evangelização ser libertadora e humanizadora. Cabe-nos, agora, manter o entusiasmo gerado por essa Romaria, efetivando esses “Compromissos de Ação”, afinal Deus toma a iniciativa de nos libertar, mas não nos exime da responsabilidade de agirmos em favor de nossa própria libertação (cf. Ex 3,1-22).

Jales, 23 de agosto de 2017

You might also like More from author

Leave A Reply

Your email address will not be published.