Dom Reginaldo na Alemanha relata condições precárias de trabalho no Brasil

0

Em uma Coletiva de Imprensa em Speyer, na Alemanha, o bispo da Diocese de Jales e Referencial da Pastoral Operaria Nacional, Dom José Reginaldo Andrietta, falou sobre a realidade do Brasil. Em razão da campanha de natal da Agência de ajuda da América Latina, Adveniat, ele expressa sua preocupação com o país, onde percebemos a sociedade brasileira em um plano oblíquo que está empurrando mais e mais pessoas para as margens. Dom Reginaldo falou da “escravidão Moderna” causada pelas leis do “atual governo neoliberal”. Nas próximas eleições é necessário questionar o quão democrático são.

Uma preocupação especial do Bispo Andrietta é a situação dos jovens. Muitos jovens não concluem os estudos ou tem péssimas condições de Educação. O desemprego juvenil é de 28%, e o trabalho infantil é generalizado.

O próprio bispo vem de uma família da classe trabalhadora: o pai foi carpinteiro, e a mãe contribuiu com a costura para auxiliar na renda da família. No início, ele encontrou seu compromisso com a igreja e a sociedade. Entre outras coisas, ele trabalhou em uma favela onde os trabalhadores das fábricas viviam em condições precárias. “Lá entendi que as condições de vida eram o resultado das relações de trabalho”, diz o bispo Andrietta. Os baixos salários não permitiram que as famílias vivessem com dignidade.

As precárias condições de trabalho são o legado histórico da sociedade escrava no Brasil, disse o bispo, e resultado da exploração do país por corporações estrangeiras e capital estrangeiro, acrescentou. Através de extensas privatizações, o governo está apoiando esse desenvolvimento.

O Brasil é “campeão mundial em acidentes de trabalho”. Não há qualquer garantia para o acidentado. E com o salário mínimo você não pode alimentar sua família.

A igreja deve elevar sua voz profética quando se trata da luta por condições de vida digna, é papel dos bispos, padres e leigos, afirma Dom Reginaldo.

Com informações da Adveniat.

You might also like More from author

Leave A Reply

Your email address will not be published.