Diocese de Jales

Notícias da Diocese › 18/04/2019

Diocese de Jales Celebrou Santa Missa Crismal com centenas de fiéis

Centenas de fiéis celebraram a Unidade da Diocese de Jales, a Santa Missa Crismal presidida pelo Bispo Diocesano, Dom Reginaldo Andrietta, reuniu representantes de todas as paróquias, comunidades, pastorais e movimentos da diocese, e também os padres diocesanos.

Na celebração foram abençoados o óleo dos catecúmenos e dos enfermos e se consagrou o óleo do Santo Crisma. Ao final do rito, os padres juntos com seus representantes voltam para suas comunidades e levam a porção dos óleos para que possa ocorrer a prática dos sacramentos dos seus fiéis.

Os Padres renovaram as promessas sacerdotais pronunciadas no dia da ordenação. Expressando a comunhão diocesana em torno do Mistério Pascal de Cristo, constituindo um momento forte de comunhão eclesial, de participação intensa das comunidades e de valorização dos sacramentos da vida da Igreja.

A Santa Missa Crismal, é prevista a ser celebrada na Quinta-feira Santa em todas as Dioceses, mas quando necessário o Bispo pode antecipa-la, com o intuito de obter a maior participação dos fiéis diocesanos, ou de acordo com a realidade de cada Igreja particular.

Significado dos Santos Óleos:

Óleo do Crisma:
Significa a plenitude do Espírito Santo, revelando que o cristão deve irradiar “o bom perfume de Cristo”. É usado no sacramento da Confirmação (Crisma) quando o cristão é confirmado na graça e no dom do Espírito Santo, para viver como adulto na fé. Este óleo também usado no sacramento da ordem, (Sacerdotes) para ungir os “escolhidos” que irão trabalhar no anúncio da Palavra de Deus, conduzindo o povo e santificando-o no ministério dos sacramentos.

Óleo dos Catecúmenos:
Significa a libertação do mal, a força de Deus que penetra no catecúmeno, libertação e preparação para o nascimento pela água e pelo Espírito, para os que irão receber o Batismo, sejam adultos ou crianças, antes do rito da água.

Óleo dos Enfermos:
É usado no sacramento dos enfermos, conhecido como “extrema-unção”. Ele simboliza a força do Espírito de Deus para a provação da doença, para o fortalecimento da pessoa na doença e no sofrimento, ao mesmo tempo em que tem todo um significado de preparação da passagem desta vida para a vida eterna.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.