Dicas litúrgicas para o 1º Domingo do Advento

0

Advento é tempo de espera, é tempo de preparação para a chegada de Jesus, o Filho de Deus, que veio trazer a este mundo um Reino de amor, justiça e paz. Hoje vamos preparar liturgia do 1º domingo do Advento

A liturgia deste domingo apresenta um apelo veemente à vigilância. O cristão não deve instalar-se no comodismo, na passividade, no desleixo, na rotina; mas deve caminhar sempre atento e sempre vigilante, preparado para acolher o Senhor que vem e para responder aos seus desafios.

Evangelho: Mateus 24, 37-44

O primeiro domingo do Advento é o início do ano litúrgico. Para os cristãos, é o verdadeiro “ano novo”, pois a nossa vida de fé é marcada e ritmada pela celebração do Mistério de Deus.

O Advento é tempo de preparação para o Natal; tempo que deve ser vivido numa dupla atitude: intensificar a leitura e a meditação da Palavra de Deus e a penitência.

A primeira leitura convida todos os homens, de todas as raças e nações, a dirigirem-se à montanha onde reside o Senhor… É do encontro com o Senhor e com a sua Palavra que resultará um mundo de concórdia, de harmonia e de paz sem fim.

A segunda leitura recomenda aos cristãos que despertem da letargia que os mantém presos ao mundo das trevas: o mundo do egoísmo, da injustiça, da mentira, do pecado, que se vistam da luz de Deus, que Cristo ofereceu a todos, e que caminhem com alegria e esperança, ao encontro de Jesus e da salvação.

O Evangelho apela à vigilância. O verdadeiro cristão não vive mergulhado nos prazeres que alienam, nem se deixa sufocar pelo trabalho excessivo, ou adormece numa passividade que lhe rouba as oportunidades.

O cristão ideal está, em cada minuto que passa, atento e vigilante, acolhendo o Senhor que vem, respondendo aos seus desafios, cumprindo o seu papel, empenhando-se na construção do “Reino”.

Neste tempo de preparação para a celebração do nascimento de Jesus, somos convidados a redescobrir aquilo que é essencial, a estarmos atentos às oportunidades que o Senhor, dia a dia, nos oferece e empenhar-nos na construção do Reino. É essa a única forma de preparar a vinda do Senhor.

Peçamos ao Senhor que, à chegada de seu Filho que vem, encontre-nos vigilantes e preparados, trabalhando com amor gratuito pelo bem de nossos irmãos e do Reino de Deus.

Algumas dicas para nossa liturgia 

Cor litúrgica: Roxa

O Advento é celebrado com sobriedade e com uma alegria discreta, quase contida. Por isso, não se canta o Glória; fica reservado para a noite e o dia do Natal, quando juntamos nossa voz à dos anjos para dar glória a Deus pela salvação que realiza em nosso meio. O Aleluia…, no entanto, continua ressoando.

Preparar bem o espaço celebrativo, de modo que todos perceberam o clima de alegre expectativa da comunidade. Para isso, alguns símbolos são importantes. Coloque na estrada da Igreja um tronco grande, do qual deve sair um broto, que poderá ser uma orquídea ou qualquer planta verde, que dure todo o Tempo do Advento.

Esse símbolo alude à comunidade que do tronco de Jessé nascerá o rebento de Davi. Ele simboliza também o sentido da espera.

Fazer a coroa do Advento, com ramos verdes, e a cada domingo, introduzir uma vela até completar quatro no final do Advento.

Neste primeiro domingo se acende a primeira vela do advento após a saudação inicial. Enquanto se acende a vela, se lê a sugestão que traz o folheto ou se canta o nº 11 ou 12, estrofe correspondente. Não há necessidade de ler e cantar.

As equipes de cantos se preocupem em dar o verdadeiro sentido no repertório litúrgico do Advento, utilizando cantos correspondente ao tempo.

No momento dos avisos, motivar para a participação na Novena de Natal.

Lembrar que no tempo do Advento a Igreja propõe a Campanha da Evangelização.

Sugestões de cantos para esta missa:

Entrada: 1, 4, 5, 6, 7

Ato penitencial: 95 ou 96

Salmo: o mesmo do lecionário

Aclamação: 277, 278

Ofertas: 342 , 343 344, 345, 346

Santo: 436 ou 441

Comunhão: 481 ou 482

Envio: 574, 575, 576, 577, 578

Oremos: Concedei, ó Deus ao povo cristão conhecer a fé que professa e amar a liturgia que celebra. Por Cristo nosso Senhor. Abençoe-nos o Deus todo poderoso, Pai Filho e Espírito Santo. Amém!

You might also like More from author

Leave A Reply

Your email address will not be published.