Campanha da Fraternidade 2018 é lançada na Diocese de Jales - Diocese de Jales

Campanha da Fraternidade 2018 é lançada na Diocese de Jales

0

Na última quarta-feira (14), na Escola Vocacional em Jales a Diocese de Jales lançou a Campanha da Fraternidade (CF) 2018. Este ano, a Campanha trata da “Fraternidade e a superação da violência”. O Bispo Dom Reginaldo Andrietta e o Assessor Diocesano da CF, Pe. Joílson Domingos André, receberam as autoridades de Jales e Região e Agentes Pastorais da Diocese, que contribuíram na discussão da temática.

A violência está presente em nosso quotidiano. Se manifesta nos lares, no trabalho, nas escolas, nas ruas, no trânsito, nos meios de comunicação, na internet, na destruição da natureza, no tráfico de entorpecentes, nos homicídios, no sistema carcerário, nos distintos tipos de discriminação, e em muitas outras formas

“Não podemos deixar de refletir sobre os danos causados sobre outros tipos de violência como a econômica, de exploração dos trabalhadores, da invasão das reservas indígenas, racismo, e o mal causado por políticos envolvidos em corrupção que violentam a sociedade quando desviam verbas públicas para se enriquecer”, Afirma Dom Reginaldo.

Encontramo-nos em um período da história no qual nos sentimos, ás vezes, impotentes na busca de soluções para os problemas propostos. Em tempos que a paz está ameaçada, é preciso observar criticamente a realidade com olhar de quem acredita na superação por meio da violência.

“O objetivo da Campanha é mostrar para a sociedade que devemos trabalhar juntos, principalmente em um assunto que compete toda a realidade humana, e em todos os espaços. A violência é muito presente em nosso meio, precisa de ter uma certa unidade de pensamentos e na superação dela no dia-a-dia, é claro que o foco é mostrar também que há importância na prevenção, enquanto adolescente, enquanto criança, enquanto jovem, plantar esta sementinha da paz no coração de todos eles, para que um dia possa florescer cada vez mais a alegria, o amor de Deus, e a paz no coração do ser humano”. Concluiu o Pe. Joílson.

Durante a quaresma os grupos de famílias, pastorais e movimentos refletiram sobre o tema da campanha, por meio do subsidio produzido pela própria diocese, como também será realizado diversos encontros de formação e debates com os agentes pastorais, e com representantes de diversas áreas da sociedade.

You might also like More from author

Leave A Reply

Your email address will not be published.