Diocese de Jales

Artigos › 29/08/2019

CAMINHADA DE FÉ E COMPROMISSO

A romaria é um acontecimento que percorre os caminhos da Igreja. Sua relevância e contribuição no processo de evangelização suscitam nos fieis uma aproximação do sagrado, e ao mesmo tempo de uma formação que ilumina a vida religiosa e social daqueles que participam desde o seu processo de preparação.

         Já é tradição a romaria que a Diocese de Jales promove no mês de agosto, celebrando a Solenidade da Assunção de Maria e o aniversário da Diocese. A motivação para realizar a caminhada e a celebração na Praça da Catedral, Casa da Mãe, está vinculada à história, e tem por objetivo cultivar a memória e formar uma comunhão eclesial. Tal comunhão se dá tanto na Igreja Diocesana quanto na Igreja do Brasil e do Mundo.

Não é um evento isolado, que acontece no mês de agosto. Integra expressões da fé cristã e o apoio a causas importantes que a Igreja propõe para serem refletidas, sejam elas religiosas ou sociais.     Os encontros de preparação nos ajudam a fortalecer essa percepção.

A Romaria vai acontecendo ao longo do Ano, somos peregrinos, em busca de um mundo novo: “Com Maria, oramos e praticamos a Palavra de Deus”. É momento de viver e nos fortalecer pela Palavra que é viva e eficaz na vida daqueles que a buscam.

         A união da oração com temas da realidade eclesial e social é uma marca da Romaria. As romarias da Diocese de Jales se destacam pela vivência de romeiros que levam a esperança de encontrar em Deus um alento para os seus clamores. É um espaço em que o povo peregrina, reza, celebra, se forma em caminhos de conversão e ação para o bem comum.

Uma forma que o povo da Diocese tem para expressar a devoção a Nossa Senhora da Assunção é por meio da Romaria.  A caminhada realizada com fé e alegria se transforma em gratidão na chegada à praça da Catedral. E essa gratidão é transmitida pelo canto do povo: “Maria da Assunção, escuta a nossa Voz e pede proteção a cada um de nós”. O refrão do hino entoado a Maria, carrega o clamor de um povo que grita por um mundo justo, fraterno onde não exista excluídos e oprimidos, mas sim, irmãos e irmãs que vivam com dignidade e paz.

Esse pedido se torna mais forte com a Celebração Eucarística, pois na eucaristia todos somos iguais, comemos do mesmo pão e bebemos do mesmo cálice. Alimentar-se do Corpo e do Sangue do Senhor, é fazer comunhão com todo seu projeto de vida, “Eu vim para que todos tenham vida, e vida em abundancia” (Jo 10,10)

A Diocese de Jales está as portas de celebrar seu Jubileu, sessenta anos de evangelização marcada por um compromisso sério e convicto em favor do povo, apontando caminhos para uma sociedade justa, solidaria e fraterna. E todos os diocesanos, juntos como irmãos e membros da mesma Igreja vamos caminhando “crescendo em direção a Cristo”.

Padre Junior Lucato
Chanceler Diocesano

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.